A Política Nacional de Resíduos Sólidos tornou-se um marco de grande importância para as atividades econômicas no Brasil. A Política cria obrigações específicas com base em diretrizes às quais as empresas devem estar aderentes para estarem compatíveis à legislação.

Elaboração, implementação e monitoramento de resultados do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos (PGRS):

  • Diagnóstico e elaboração do PGRS: Levantamento de dados quali e quantitativos relacionados à geração de resíduos sólidos da empresa e elaboração do PGRS segundo legislação e normas técnicas aplicáveis. Nesta etapa, serão identificados todos os fornecedores envolvidos na operação de forma a propor alternativas de coleta, armazenamento, transporte e destinação final dos resíduos sólidos gerados que proporcionem otimização de processos e redução de custos operacionais/logísticos;
  • Implementação e monitoramento do PGRS: Coordenação e supervisão da implementação o do projeto;
  • Elaboração de relatórios técnicos: Após a implementação do PGRS, serão elaborados relatórios técnicos mensais apresentando-se os resultados obtidos com o PGRS utilizando-se indicadores de sustentabilidade (ambientais, econômicos e sociais) que auxiliem a tomada de decisões para obtenção dos resultados esperados;

Prazo médio do programa: 12 meses

Resultados esperados:

  • Redução de custos (até 35%) com a gestão da destinação final do lixo gerado (caçambas)
    • Através do PGRS, serão propostas soluções alternativas de logística e destinação final dos resíduos sólidos gerados a fim de reduzir os custos com fornecedores responsáveis por esta operação;
  • Redução de custos (até 20%) com equipe de limpeza responsavel pela coleta e disposição do lixo gerado nas caçambas dentro da empresa
    • Será estruturado um Procedimento Operacional Padrão (POP) para a limpeza da unidade, definindo-se funções, tarefas e responsabilidades para cada colaborador, associada à implantação de novas formas de coleta e novos equipamentos que garantam esta redução;
  • Aumento da receita proveniente da venda de materiais recicláveis gerados
    • Levantamento de fornecedores responsáveis pela compra dos materiais recicláveis identificados no PGRS de forma a estimular a competição entre eles, promovendo uma valorização ($) dos materiais recicláveis gerados;
  • Adequação legal da empresa
    • O PGRS é um documento exigido por lei (Lei 12.305/10), que associado à documentação comprobatória do manejo e destinação final dos resíduos sólidos (recicláveis, não-recicláveis e contaminados) na empresa garante sua adequação legal em casos de fiscalizações por órgãos ambientais;
  • Diferencial competitivo
    • Através das ações socioambientais inseridas no PGRS será possível a criação de um programa de sustentabilidade pela empresa a fim de comunicar aos clientes, parceiros e fornecedores todas as iniciativas socioambientais implementadas, se diferenciando dos seus concorrentes e colocando-a como pioneira na adoção destas ações no seu segmento de mercado.
+ Consultoria